Candidato de última hora desiste de concorrer à Presidência da Colômbia

  • Por Agencia EFE
  • 15/03/2014 01h24

Bogotá, 14 mar (EFE).- O candidato à Presidência da Colômbia José Antonio Rocha Cardozo, do partido Opción Ciudadana, retirou nesta sexta-feira seu nome da lista de concorrentes, uma semana depois de sua surpreendente inscrição, informou a autoridade eleitoral do país.

Rocha Cardozo, que se inscreveu para as presidenciais pouco antes do fechamento do prazo legal, na última sexta-feira, desistiu de sua candidatura, que tinha como companheiro de chapa José Álvaro Sánchez Ortega, segundo a autoridade eleitoral colombiana.

Outra candidata, Aída Avella, também desistiu de concorrer à Presidência nesta sexta-feira pelo partido de esquerda Unión Patriótica (UP) para se juntar à chapa de Clara López, do Polo Democrático Alternativo (PDA).

Com o encerramento do prazo para a modificação de candidaturas, o número de concorrentes à Presidência da Colômbia foi reduzido para quatro, faltando apenas um, que formalizará sua candidatura em prazo excepcional.

“Quatro candidatos estão inscritos, faltando apenas a inscrição do candidato do Partido Alianza Verde, que acontecerá assim que for entregue a declaração dos resultados das prévias do dia 9 de março ao Conselho Nacional Eleitoral”, afirmou a autoridade eleitoral colombiana em comunicado.

Os inscritos são o atual presidente Juan Manuel Santos, que busca a reeleição como candidato da coalizão Unión Nacional (Partido de la U, Liberal y Cambio Radical), Marta Lucía Ramírez (Partido Conservador), Óscar Iván Zuluaga (Centro Democrático) e Clara López (Polo Democrático).

O candidato dos verdes é o ex-prefeito de Bogotá, Enrique Peñalosa, ganhador das prévias do domingo, mas sua inscrição foi adiada porque não foi concluída a apuração oficial.