Cantão regitra 15 mortes por causa das fortes chuvas

  • Por Agencia EFE
  • 25/05/2014 06h36

Pequim, 25 mai (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram e outras cinco estão desaparecidas devido às fortes tempestades, as mais devastadoras do último século, que castigam a província de Cantão desde a quarta-feira, informaram hoje as autoridades locais.

As tempestades afetaram as cidades de Guangzhou, Zhaoqing e Qingyuan, onde provocaram fortes inundações e deixaram grandes regiões das localidades alagadas, bloqueando prédios, segundo publica a agência oficial “Xinhua”, que cita os serviços de emergência provinciais.

Só desde a noite da sexta-feira até a tarde do sábado, mais de 140 mil pessoas ficaram desabrigadas em Cantão, 21 mil foram evacuadas e 1.143 casas acabaram destruídas.

Até agora e desde a quarta-feira, se estima que haja um total de 800 mil desabrigados, 60 mil evacuados e cerca de 3.000 imóveis destruídos.

Além disso, 16 rodovias provinciais tiveram que ser fechadas.

As autoridades de Cantão ativaram uma operação de emergência e enviaram equipes de resgate às áreas afetadas, em uma época do ano na qual são frequentes as fortes chuvas na China. EFE