Casos de roubos e furtos crescem em São Paulo no mês de outubro

  • Por Agência Brasil
  • 25/11/2015 19h42
Assalto a carro

Apesar de todos os índices de criminalidade do estado de São Paulo terem apresentado redução entre janeiro e outubro deste ano, houve aumento no número de roubos e furtos em geral, em todo o estado, no mês de outubro.

Os roubos diminuíram 3,55% no acumulado de dez meses, passando de 264.077 casos entre janeiro e outubro do ano passado para 254.697 no mesmo período deste ano. No entanto, em outubro de 2015 houve aumento de 3,71% na comparação com o mesmo mês de 2014, passando de 26.112 casos no ano passado para 27.082 ocorrências este ano.

Já os furtos recuaram 5,65% no acumulado do ano [entre janeiro e outubro], com o registro de 411.907 ocorrências. Mas em outubro houve aumento de 0,72% no total de registros, com 42.809 ocorrências.

Os casos de latrocínio [roubo seguido de morte] também cresceram em outubro em todo o estado, passando de 36 casos em 2014 para 39 este ano. Só na Grande São Paulo, os latrocínios passaram de quatro casos em outubro do ano passado para dez no mesmo mês de 2015.

Em entrevista à imprensa na tarde de hoje (25), na capital paulista, o Secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, disse que os números tendem a ser maiores historicamente em outubro e não indicam tendência de aumento para os próximos meses.

“Com relação ao aumento no número de latrocínios, ele não destoou no estado. Historicamente, em todos os anos, outubro é o mês de maior latrocínio. Isso ainda ninguém conseguiu explicar, mas ele sempre passa da faixa dos 30 [casos, no estado]. Houve aumento, mas nada localizado. Roubos aumentou na capital [0,99% de aumento]. Foi o primeiro mês que aumentou e vamos verificar se é uma tendência ou não”, disse o secretário.

Moraes anunciou também que vai reforçar o policiamento, principalmente durante o período de compras do Natal, para evitar roubos, furtos e latrocínios. “Vamos aumentar o policiamento preventivo. Nos meses de compras, isso é aumentado”.

Quanto aos homicídios dolosos, o estado registrou queda de 12,53% no número de ocorrências entre janeiro e outubro deste ano, com 3.113 casos. Já em outubro, a redução foi de 20,63%, com 304 casos, o menor registro desde 2001. O número de estupros também apresentou queda no acumulado do ano, com 7.715 boletins de ocorrência, o que representou queda de 8,81%. Considerando-se apenas o mês de outubro, houve redução de 5,81%, com o registro de 859 casos.