Centenas de casas no sul da Califórnia são esvaziadas por conta de incêndio

  • Por Agencia EFE
  • 24/08/2015 17h58

San Francisco, 24 ago (EFE).- Moradores de 400 imóveis tiveram que sair de casa nas últimas horas por causa do incêndio que afeta uma área próxima à estação de esqui Snow Summit, em Big Bear, a duas horas de Los Angeles.

O fogo começou ontem na parte sul do lago Big Bear, no Parque Nacional de San Bernardino, e já consumiu uma área de mais de 40 hectares, de acordo com o Serviço Nacional Florestal dos Estados Unidos, que informou que 50% das chamas já foram controladas.

Atualmente, a Califórnia tem 15 focos de incêndio ativos e toda a costa oeste dos Estados Unidos soma 65 grandes incêndios. O calor e os fortes ventos complicam o trabalho dos bombeiros, embora haja a possibilidade de chuva para amanhã.

Enquanto isso, na região central da Califórnia os bombeiros seguem lutando contra as chamas que queimam há várias semanas e que forçou a evacuação de milhares de pessoas, além de ter destruído uma casa no Parque Kings Canyon. O incêndio, que começou por causa de uma tempestade elétrica, já destruiu uma área de 190 quilômetros quadrados.

Também na costa oeste, o estado de Washington sofre com incêndios conectados entre si que ameaçam uma área de 900 quilômetros quadrados no Condado de Okanoga, o maior do estado. As autoridades afirmam que as chamas, que estão fora de controle, continuarão durante toda esta semana. Esta já é considerada a maior queimada da história do estado.

O presidente americano, Barack Obama, declarou estado de emergência no estado de Washington na última sexta-feira por conta da gravidade do caso, que já tirou a vida de três bombeiros na semana passada.

Hoje, as autoridades de Oregon ordenaram mais evacuações pelo incêndio que destruiu centenas de hectares no Parque Nacional Malheur. O fogo, que começou no último dia 12 por causa de uma tempestade, atingiu 25% do território e destruiu 40 casas. EFE