Centenas de venezuelanos se manifestam em várias cidades colombianas

  • Por Agencia EFE
  • 22/02/2014 22h42

Bogotá, 22 fev (EFE).- Centenas de venezuelanos se manifestaram neste sábado em várias cidades da Colômbia em solidariedade com seus compatriotas que saíram às ruas de seu país para exigir a liberdade dos detidos nas manifestações dos últimos dias.

As concentrações aconteceram em cidades como Bogotá, Medellín, Cali, Bucaramanga e Cúcuta, onde vários grupos de venezuelanos apoiados por colombianos fizeram ouvir sua voz contra o Governo do presidente Nicolás Maduro.

Em Bogotá, os venezuelanos fizeram um plantão em frente do Monumento aos Heróis, na frente da estátua equestre do Libertador Simón Bolívar, onde com bandeiras tricolores e cartazes formaram um “SOS Venezuela” para reivindicar liberdade em seu país.

“Estamos aqui por todos os venezuelanos, não só por nossas famílias que estão lá”, disse um dos manifestantes enquanto a multidão cantava “Venezuela, Venezuela”.

Em Medellín, a segunda maior cidade da Colômbia, os venezuelanos também saíram às ruas para apoiar seus compatriotas.

“O que se cansa perde. SOS Venezuela”, dizia um dos cartazes exibidos pelos manifestantes, um lema que se repete em todas suas manifestações e que mostra sua decisão de continuar com os protestos.

“A força é a união”, dizia outro cartaz mostrado por um homem mais velho que se juntou ao grupo de manifestantes, no qual predominavam os jovens.

Em Cali, no sudoeste, também houve uma concentração em frente à igreja da Ermida, enquanto em Cúcuta, na fronteira, também saíram à rua centenas de venezuelanos e colombianos.

“Maduro militariza o estado Táchira pelos protestos dos estudantes, mas não é capaz de controlar a insegurança cidadã”, denunciou um dos manifestantes.

A crise no país vizinho causou tensões na fronteira com a Colômbia, especialmente na região de Cúcuta, capital do departamento do Norte de Santander e vizinha das cidades venezuelanas de San Antonio e Ureña. EFE

joc/ma