China injeta US$ 44,4 bilhões via linha de crédito de médio prazo

  • Por Estadão Conteúdo
  • 16/05/2016 10h57
Congresso Nacional Popular (ANP

A China injetou 290 bilhões de yuans (US$ 44,4 bilhões) em liquidez no mercado financeiro, nesta segunda-feira (16), por meio de sua linha de crédito de médio prazo, informou, em comunicado, o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês).

O banco central ofereceu a 21 instituições financeiras 175 bilhões de yuans com vencimento em três meses e 115 bilhões de yuans com vencimento em seis meses, com taxas de juros de 2,75% e 2,85%, respectivamente, informou o PBoC em comunicado.

A injeção tem como objetivo apoiar áreas cruciais e impulsionar os pontos fracos da economia da China, disse o PBoC. A linha de crédito de médio prazo foi adotada pela instituição em 2014.