China quer entrar no mercado de fabricação de aviões

  • Por Jovem Pan
  • 03/11/2015 12h23
EPA/FEATURECHINA China apresenta sei primeiro avião grande de passageiros

China lança avião comercial para competir com fabricantes internacionais como Boeing e Aribus. O C919 tem capacidade para 158 passageiros, autonomia de 5.555 quilômetros e está estimado em 70 milhões de dólares.

A primeira unidade foi apresentada ao mundo pela primeira vez nesta segunda-feira (02), na sede da COMAC, empresa estatal chinesa.

Segundo a empresa, o C919 já recebeu 517 pedidos de 21 clientes diferentes, mas só três não são chineses, duas companhias da Tailândia e uma da Alemanha.

Outras aéreas, como Ryanair também mostraram interesse em adquirir o avião, mas, para o pedido se materializar, o C919 precisa demonstrar ser um sério concorrente, sobretudo nos custos operativos.

A aeronave, no entanto, não será 100% chinesa, como sempre sonhou o governo de Pequim.

Os componentes essenciais do avião na verdade ainda têm o selo de marcas estrangeiras. É o caso dos motores, fabricados o conglomerado franco-americano CFM.

Com informações de Victor LaRegina