Chinês viciado em refrigerantes pede indenização de Coca-Cola e Pepsi

  • Por Agencia EFE
  • 03/06/2015 15h03

(Corrige título e lead de nota enviada em 30/mai)

None

Pequim, 30 mai (EFE).- A família de um jovem de 26 anos viciado em refrigerantes desde os três entrou na justiça da China com um pedido de indenização de US$ 2,7 mil contra Coca-Cola e Pepsi alegando que ele sofreu sérios problemas dentários devido ao consumo de bebidas dessas companhias.

O jornal oficial chinês “Global Times” informou no último sábado que o rapaz, identificado com o nome fictício de Xiao Long, vive na província de Anhui, no leste do país.

Segundo a publicação, ele consumia entre uma e três latas por dia de Pepsi ou Coca-Cola, já que seus pais consideravam essas bebidas praticamente como um substituto da água.

“Pensava que a Coca era uma bebida normal e nunca imaginei que pudesse ter efeitos negativos, já que são produzidas por grandes companhias internacionais, que garantem sua qualidade”, disse o pai de Xiao Long, segundo o “Global Times”.

O pai do rapaz alegou em seu processo que as duas companhias americanas não cumpriram com sua responsabilidade na hora de informar aos consumidores sobre os potenciais perigos do consumo de seus produtos, e por isso deveriam arcar com as despesas da família no dentista. EFE