Chuvas na China deixam 30 mortos e causam evacuação de mais de 74.300 pessoas

  • Por Agencia EFE
  • 01/07/2015 15h04

Pequim, 1 jul (EFE).- As chuvas que castigam o centro da China desde a semana passada já causou a morte ou desaparecimento de 30 pessoas desde sexta-feira e a evacuação de mais de 74.300, informou nesta quarta-feira a agência oficial “Xinhua”.

Mais de 316.400 pessoas foram afetadas pelas fortes precipitações que provocaram graves inundações em até 161 localidades da província central de Henan, enquanto prosseguem os trabalhos de resgate e de evacuação de cidadãos em outras partes do país como Sichuan (sudoeste) e Jiangsu (leste).

As chuvas inutilizaram várias estradas em Henan, enquanto o governo deslocou helicópteros a Jiangsu para ajudar nos trabalhos de resgate.

A vítima de hoje eleva a 30 as pessoas que morreram ou estão desaparecidas desde sexta-feira passada em quatro províncias da China, devido às inundações e aos deslizamentos de terra provocados pelos temporais.

As precipitações destroçaram em Henan mais de 6.700 hectares de cultivos e a eletricidade e as comunicações também foram afetadas, de modo que no total são calculadas perdas de 305 milhões de iuanes (cerca de US$ 49,9 milhões).

O governo considera que estas chuvas estivais, frequentes todos os anos, são as piores que vividas desde 1949 em algumas zonas do país, como na província de Sichuan. EFE

tg/ff