Ciclone de categoria 2, Arthur atingirá costa da Carolina do Norte

  • Por Agencia EFE
  • 03/07/2014 18h35

Miami, 3 jul (EFE).- O furacão Arthur ganhou força enquanto se desloca paralelamente à costa nordeste dos EUA, onde chegará na noite desta quinta-feira provavelmente como furacão categoria dois, e é o primeiro da temporada 2014 a atingir o litoral americano.

As condições meteorológicas no litoral da Carolina do Norte pioraram nas últimas horas e extensas áreas sofrem o impacto de chuvas e ventos intensos.

Arthur, o primeiro furacão da temporada na bacia atlântica, apresentava na quarta-feira ventos máximos constantes de 150 km/h.

Segundo as previsões do Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA, o centro de Arthur passará “sobre ou perto do litoral norte da Carolina do Norte”, e a partir daí enfraquecerá até se tornar, possivelmente na sexta-feira à noite, em um fenômeno extratropical.

As autoridades da Carolina do Norte emitiram uma ordem de evacuação para a ilha de Cape Hatteras e de Ocracoke, na barreira de ilhotas conhecida como Outer Banks.

O governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, pediu que os residentes se mantenham informados, alerta e a salvo durante a passagem do furacão. A equipe do Centro de Operações de Emergências (EOC) já foi aciona e está revisando protocolos de emergência.

Os condados do litoral estão em estado de alerta e hoje devem chegar os fortes ventos que trarão chuva e que poderiam inundar as áreas mais baixas, causando interrupções do serviço de eletricidade, especialmente na Outer Banks.

Os membros da Guarda Nacional estão à espera para oferecer assistência à emergência estatal como a Patrulha de Caminhos, que revisarão as principais estradas do estado.

Arthur não só ameaça semear o caos e impedir os planos de celebração ao ar livre que milhares de viajantes e residentes no litoral leste do país tinham preparado para o feriado de 4 de julho, Dia da Independência, mas gerará muito perigosas marés e ressacas.

A recomendação para praticantes de esportes marítimos e velejadores é deixar as práticas para depois.

O centro de Arthur está 115 quilômetros ao sudoeste do cabo Fear, na Carolina do Norte, e 365 ao sudoeste do cabo Hatteras, e avança rumo ao nordeste.

Quem pretende viajar para algum ponto no litoral leste por causa do feriado deve estar muito atento à evolução de Arthur e não se expor a riscos desnecessários.

Esta temporada de furacões, que vai de 1º de junho a 30 de novembro, deve ser a mais tranquila em 30 anos, prevem os meteorologistas, devido ao desenvolvimento do fenômeno de “El Niño” no Pacífico.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA previu uma temporada ciclônica menos ativa do que o normal, com a formação de oito a 13 tempestades tropicais, das quais entre três e seis chegariam a se tornar furacões e um ou dois atingiriam categoria maior. EFE