Colégios eleitorais abrem na Moldávia

  • Por Agencia EFE
  • 30/11/2014 06h48

Moscou, 30 nov (EFE).- Os colégios eleitorais abriram neste domingo na Moldávia para a realização de eleições legislativas nas quais quase três milhões de cidadãos devem decidir sobre a integração europeia do país.

Embora mais de 20 partidos participem do pleito, os políticos colocaram o processo em uma espécie de plebiscito de aproximação à União Europeia empreendido nos últimos anos pela coalizão europeísta que governa o país.

Os três partidos que formam a coalizão governante – Partido Liberal Democrático, Partido Liberal e Partido Democrático – poderiam perder a maioria parlamentar da qual gozam atualmente, apesar de haver assinado este ano um Acordo de Associação com a UE.

As poucas pesquisas realizadas nos dias anteriores à jornada eleitoral dão aos europeístas ao redor de 40 das 101 cadeiras do Parlamento moldávio.

Seus principais rivais, comunistas e socialistas, poderiam somar uma nova maioria no Parlamento se conseguirem os votos dos simpatizantes da Pró-russa Pátria, expulsa da corrida eleitoral três dias antes do pleito.

Os resultados preliminares da votação só serão conhecidos na segunda-feira, segundo a Comissão Eleitoral Central moldávia, que informou que nenhuma organização pediu para realizar pesquisas de boca de urna. EFE