Cólera mata 15 pessoas e contamina 745 na capital do Sudão do Sul

  • Por Agencia EFE
  • 30/05/2014 15h16

Juba, 30 mai (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram nos últimos dias e 745 casos de cólera foram registrados na capital do Sudão do Sul, Juba, segundo revelou nesta sexta-feira à Agência Efe o diretor do hospital universitário, John Ladu Lolik.

Apenas hoje, 55 novos casos da infecção foram detectados no hospital, explicou Lolik. O diretor se mostrou preocupado pelas possíveis consequências da falta de pagamentos aos médicos do hospital ou pela redução de seus salários.

“Tenho medo de que os funcionários se rebelem no trabalho por não receberem seus salários”, advertiu o diretor, que lembrou também que a Unicef prometeu pagar os empregados do hospital, mas até agora isso não ocorreu.

Mais de 1.300.000 habitantes vivem no país sem água potável, moradia digna e saneamento básico, o que aumenta o risco de epidemias de todo tipo.

O Sudão do Sul vive desde dezembro um conflito interno que levou o país à beira de uma guerra civil e que causou a morte de milhares de pessoas e o deslocamento de um milhão de moradores. EFE