Com 2,4°C, São Paulo registra madrugada mais fria desde 2011

  • Por Estadão Conteúdo
  • 10/06/2016 12h26
14-08-2014 - Devido ao intenso frio, pessoas caminham bem agasalhadas na Avenida Paulista nessa tarde de quinta feira. Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicasfrio São Paulo

Desde 2011 que São Paulo não registrava temperaturas tão baixas como as da madrugada desta sexta-feira (10). Em Parelheiros, no extremo sul da capital, os termômetros bateram 2,4ºC e em São Mateus, na zona leste, 3,3ºC. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a última vez em que a capital teve temperaturas baixas como estas foi em 28 de junho de 2011, com mínimas que oscilaram em torno dos 4,6ºC. 

A média de toda a cidade também bateu o recorde nesta madrugada, com 5ºC. Foi a madrugada mais fria do ano, um recorde anterior havia sido registrado, na madrugada da última quinta-feira (9), com 8ºC.

Segundo Michael Pantera, meteorologista do CGE, nesta sexta-feira, o sol volta a predominar, diminuindo um pouco a sensação de frio. Mesmo assim, as temperaturas não sobem muito e as máximas devem permanecer abaixo dos 20ºC. Não há expectativa de chuva para a capital e as temperaturas entram novamente em acentuado declínio no final do dia.

Segundo Pantera, a atuação de uma grande massa de ar frio de origem polar mantém o tempo seco e ensolarado no fim de semana. As noites serão de pouca ou nenhuma nebulosidade e vão facilitar a acelerada queda das temperaturas, o que pode causar novos recordes de temperatura mínima.

No sábado (11) e domingo (12), o sol deve predominar, mas os termômetros devem variar entre 4ºC e 16ºC.