Com aumento de impostos e tarifas, paulistano começa 2015 com o orçamento apertado

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2015 09h22

Os cidadãos paulistanos começaram 2015 com o orçamento apertado, por aumento de impostos e tarifas de serviços públicos. O IPTU da Capital irá subir até 10% para as residências e 15% para prédios comerciais.

Sobem também a partir desta terça feira as passagens de ônibus, metrô e trens da CPTM, e, também, as contas de luz e de água. Falando a Marcelo Mattos, o professor da Faculdade de Economia da USP, Heron do Carmo, disse o que acontecerá com o paulistano em 2015.

*Ouça os detalhes no áudio

O especialista avaliou que a inflação oficial do país bata em 1% em janeiro, num impacto direto no poder de compra das famílias. O economista da Fundação Getúlio Vargas, Salomão Quadros, destacou o aumento nos preços administrados pelo governo.

O Ano Novo reserva ainda a chegada do pagamento do IPVA, matrículas e material escolar, que trazem o natural aperto das contas em plenas férias.

O estudo da Fundação Getúlio Vargas diz que o tarifaço de janeiro vai engolir pelo menos 10% de quem tem renda líquida de R$ 5 mil por mês.