Como investir melhor R$ 4 mil?

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2014 18h39
Marcos Santos/USP ImagensPEC visa limitar o pagamento dos precatórios e abrir espaço no teto de gastos para outras despesas do governo

Felipe Alves/ Duvida: Bom dia. Comprei um apto e estou pagando as parcelas da construtora, e paralelo a isso guardando um dinheiro, que daria para quitar um ano de parcelas ou a parcela anual que é mais elevada. Porém como esse dinheiro está na poupança quero saber se é mais mais viável quitar essas parcelas antes, sem o reajuste do INCC (inflação da construção), ou pagar nas datas normais e deixar o dinheiro rendendo na poupança. Obrigado

Se ele conseguir descontro adicional além da não correção pelo INCC, vale a pena ele sacar o dinheiro e pagar.

Por exemplo, com o avanço do IGP-10, que saiu hoje, o INCC subiu 0,42% no mês. Com isso, ele teria uma variação inferior ao ganho da poupança. Mas nem sempre isso acontece. Varia muito.

Mas ele teria de negociar algum abatimento dessa prestação. Deve ter algum juro embutido. Pagando antecipadamente, ele tem que conseguir o desconto no mínimo do que se aproxima da inflação, cuja expectativa é de 6,5%.

Danilo Paulino – Duvida: Bom dia!! Vou receber cerca de R$ 4000,00 agora no fim do ano e gostaria de saber em que posso investir e em quanto tempo recebo um retorno desse investimento? Desde já, agradeço!

Depende do tempo que ele tem disponível. Há aplicações de 6 meses, 1 ano, 2 anos, 10 anos, como título público. No título público, todo mundo tem o mesmo rendimento, independentemente do valor investido.

O problema do título é que há desconto no ganho se a pessoa resgatar o dinheiro antes do prazo. A LFT acompanha a evolução dos juros.

LCI (Letras de Crédito Imobiliário), se ele conseguir uma boa remuneração, acima de 86% do CDI, pode valer a pena.

Fundo DI com taxa de administração de 1% ou 1,5%, mas é importante deixar no menos 1 ano aplicado o dinheiro.