Companhia aérea indiana encomenda 50 aviões a Embraer

  • Por Agencia EFE
  • 13/02/2014 14h22

São Paulo, 13 fev (EFE).- A companhia aérea indiana Air Costa oficializou nesta quinta-feira um pedido de compra de 50 aeronaves E-190 e E-195 da Embraer, em um negócio no valor de US$ 2,940 bilhões.

O contrato, anunciado pela Embraer, inclui a opção de compra por outras 50 aeronaves, 25 do modelo E-190 e a outra metade de E-195, com o que o negócio poderia chegar a US$ 5,88 bilhões.

As cem aeronaves, tanto as 50 do pedido firmado como as outras da opção de compra, fazem parte das E-Jets “E2”, uma espécie de segunda geração dos modelos E-190 e E-195.

Atualmente, a companhia indiana, com sede em Vijayawada (Andhra Pradesh), tem em sua frota dois jatos E-170 e outros dois E-190 da fabricante brasileira.

O presidente da filial Embraer Aviação Comercial, Paulo César Silva, destacou “a capacidade de estimular o tráfego aéreo com rentabilidade para as companhias” oferecido por esse tipo de aeronaves em sua segunda geração, que têm cabine modificada e capacidade para 98 (E-190) e 118 (E-195) passageiros.

Ramesh Lingamaneni, presidente da Air Costa, ressaltou, por sua parte, o “potencial dos serviços aéreos regionais” na Índia, com aeronaves que oferecem voos em classe econômica e executiva entre cidades como Vijayawada, Jaipur, Bangalore, Ahmedabad, Hyderabad e Chennai e em um futuro em Goa, Pune, Madurai e Vizag. EFE