Conab prevê produção de até 212,9 milhões de toneladas de grãos na safra

  • Por Agência Estado
  • 10/11/2015 09h49
Grãos

O Brasil deve colher na safra de grãos 2015/16 volume estimado entre 208,6 milhões e 212,9 milhões de toneladas. O resultado representa um aumento de até 2,1% (4,384 milhões de t) em comparação com safra anterior 2014/15 (208,5 milhões de toneladas). Os números são do segundo levantamento do boletim de Acompanhamento da Safra Brasileira de Grãos, divulgado nesta terça-feira, 10, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Segundo a Conab, a soja deve aumentar ainda mais sua participação nos números da safra, podendo alcançar 102,8 milhões de toneladas (acréscimo estimado entre 4,9 milhões e 6,6 milhões de t em comparação com a safra anterior, quando produziu 96,2 milhões de toneladas).

O milho primeira safra, cuja produção está estimada entre 26,5 milhões e 28,2 milhões de toneladas, registrou uma redução entre 11,8% e 6,4% em comparação com a safra 2014/15 (30,1 milhões de toneladas). O trigo deve registrar uma redução de 6,8% frente ao levantamento anterior, devendo alcançar 6,2 milhões de toneladas, 4,3% superior à da safra passada.

Conforme o segundo levantamento da Conab, a área de plantio está estimada entre 57,9 milhões e 58,9 milhões de hectares, com um crescimento de até 1,6% em relação à safra 2014/15, que fechou em 58 milhões de hectares.

Este aumento se deve à cultura da soja que apresenta um acréscimo entre 2,1% (671,3 mil hectares) e 3,8% (1,22 milhão de hectares). Já a área do milho primeira safra pode apresentar redução, podendo ficar entre 5,6 milhões e 5,8 milhões de hectares e redução de 9,3% a 4,8% frente à última safra.

Os detalhes da pesquisa serão apresentados pelo secretário de Política Agrícola, André Nassar, do Ministério da Agricultura, pelo presidente em exercício da Conab, Lineu de Souza, e pelo diretor de Política Agrícola e Informações da estatal, João Marcelo Intini.