Concluída retirada de combustível da segunda central afetada de Fukushima

  • Por Agência Brasil
  • 25/03/2015 14h45

Empregados trabalham para consertar reator da unidade 4 da usina de FukushimaEmpregados trabalham para consertar reator da unidade 4 da usina de Fukushima

A operadora da Central Nuclear Fukushima Daiichi retirou todo o combustível de outra central próxima, afetada pelo terremoto e tsunami de 2011, e cujo futuro está indeterminado, informa nesta quarta (25) a imprensa local.

A Tokyo Electric Power (Tepco) completou a retirada das 2,5 mil barras de combustível que estavam nos reatores na Central de Fukushima Daini, segundo a agência Kyodo. As barras de combustível encontram-se agora em piscinas localizadas dentro dos reatores, destinadas à refrigeração e ao armazenamento seguro, onde permanecerão até que sejam transferidas para um cemitério nuclear.

Fukushima Daini fica a 12 quilômetros de Daiichi e foi também afetada pelo terremoto e tsunami de março de 2011. Os operários conseguiram resfriá-la poucos dias depois.

Apesar de Fukushima Daiichi estar em processo de desativação, a Tepco mantém paralisada a Fukushima Daini e ainda não explicou quais são os seus planos para a central, apesar de o governo japonês já ter pedido que fosse também desativada.