Conselho Federal de Medicina regulamenta uso do canabidiol para tratamento de epilepsia

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2014 14h58

O Conselho Federal de Medicina regulamentou nesta quinta-feira (11) o uso do canabidiol para tratamento exclusivo da epilepsia, a epilepsia resistente, chamada de refratária. O uso é exclusivo apenas para uso de crianças e adolescentes.

Além do uso ter sido autorizado em uma resolução que será publicada no Diário Oficial da União, o Conselho determinou que médicos, neurologistas e psiquiatras que forem prescrever devem criar na página do CFM, o nome, a indicação clínica do medicamento e a dosagem com toda a prescrição médica, tanto para crianças quanto para os adolescentes que fizerem uso para seus tratamentos.

o canabidiol é um dos 80 produtos derivados da cannabis sativa. Essa substância obteve resultado na minimização dos efeitos danosos que as epilepsias têm sobre os jovens.

O medicamento tem sido usado por muitas pessoas no país para prosseguimento de tratamentos e, muitas delas, entram na justiça para poder importar a substância. A partir de agora, com a regulamentação do uso, cabe à Anvisa liberar a importação a partir de prescrições médicas.