Contas de luz terão bandeira tarifária verde até abril, diz presidente da Aneel

  • Por Tiago Muniz/Jovem Pan
  • 03/02/2017 11h20
Brasília - O consumo de energia elétrica no país fechou os primeiros três meses do ano com queda acumulada de 4,2% em relação ao mesmo período do ano passado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)Luz

O presidente da Aneel estima que a bandeira tarifária não deve ser alterada pelo menos até abril. Romeu Rufino deu a declaração em entrevista coletiva depois de ter concedido palestra à Câmara Americana de Comércio, a Amcham, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (03).

A bandeira tarifária foi mantida em verde para fevereiro, isso quer dizer que a conta de luz não terá custos extras no mês.

O sistema de bandeiras tarifárias elaborado pela Agência Nacional de Energia Elétrica indica, mês a mês, o custo de geração a energia elétrica que será cobrado dos consumidores. Segundo o relatório do Operador Nacional do Sistema, foi a condição hidrológica favorável que possibilitou a manutenção do patamar.

O presidente da Aneel, Romeu Rufino, prevê que até o fim do período úmido, ou seja, a partir de maio, não deve acontecer alteração tarifária. “Eu não vislumbro cenário que possa acionar bandeira amarela. Agora, no período seco, depende de como fecharmos o período úmido”, disse.

Rufino afirmou ainda que neste momento o nível de preocupação com o abastecimento de energia é zero. Ele também ressaltou que, do ponto de vista de geração de energia, a situação das bacias do Sudeste não preocupa, mas a do rio São Francisco é desfavorável.