Coreia do Sul registra três novos casos de síndrome respiratória

  • Por Agência Brasil
  • 21/06/2015 12h01
Turistas usam máscaras para prevenir contrair a Mers no centro de Seul, na Coreia do Sul. 12/06/2015 REUTERS/Kim Hong-JiTuristas usam máscaras para prevenir contrair a Mers no centro de Seul

A Coreia do Sul registrou neste domingo (21) três novos casos de Síndrome Respiratória do Médio Oriente (Mers, na sigla em inglês). Os três casos incluem dois profissionais de saúde, elevando o total de contágios para 169, informou o Ministério da Saúde. As autoridades de saúde do país acreditam que a doença, que já matou 25 pessoas, está começando a perder força. 

Um dos profissionais de saúde é um médico que tratou um paciente no Centro Médico Samsung, em Seul, considerado o epicentro do surto, onde mais de 80 pessoas foram infectadas.

O segundo caso é de um profissional que tirou um raio-X de um paciente com o vírus, em outro hospital em Seul.

Até agora, 43 pessoas recuperaram da doença e tiveram alta hospitalar.

O número de pessoas em quarentena caiu para 4.035 ontem (20). Na última quarta-feira (24), o país registrava 6,7 mil pessoas em quarentena.