Corregedoria investiga “sumiço” de menino deficiente abordado por PM

  • Por Jovem Pan
  • 02/07/2016 13h11
Mãe encontrou Wallace Araújo de Souza machucado

A Corregedoria da Polícia Militar vai investigar o sumiço de jovem com problemas mentais por quase uma semana após abordagem na zona sul de São Paulo, entre o Ipiranga e o Sacomã, próximo à favela de Heliópolis, onde morava. Ele foi encontrado ao lado de moradores de rua seis dias depois de ser levado pela PM por iniciativa própria da mãe.

Wallace Araújo de Souza, 18 anos, tinha saído de casa no sábado um primo e um amigo para comprar coxinhas quando foi parado por um policial à paisana. Imagens de uma câmera de segurança flagraram o momento em que o familiar e o colega foram liberados, enquanto o jovem era agredido pelo PM.

Poucos minutos depois uma viatura chegou ao local e o rapaz foi colocado no bagageiro do veículo oficial e levado pelos policiais.

Wallace Araújo foi encontrado na tarde desta sexta-feira (01) na Praça da Sé, região central de São Paulo com hematomas nas costelas, braço e na cabeça.

O secretário de Segurança Pública Mágino Alves Barbosa Filho diz que o episódio se trata de um caso isolado. “É um caso isolado mesmo. O caso desse menino não é um caso de confronto. É um caso absolutamente diferente dos outros. É um caso que está ainda no início da apuração. Mas, independentemente de encontrá-lo, nós estamos já investigando a conduta daqueles policiais que aparecem na gravação”, disse Barbosa.

O Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos pediu explicações sobre a conduta dos policiais para a corregedoria da corporação. O rapaz e a família foram ouvidos pela Delegacia de Pessoas Desaparecidas do DHPP.

Com informações do repórter Jovem Pan Anderson Costa