Criação de emprego centra reunião de ministros de Trabalho do G20

  • Por Agencia EFE
  • 03/09/2015 11h20

Ancara, 3 set (EFE).- Os ministros de Trabalho dos países do G20, o grupo das principais economias industrializadas e emergentes do planeta, iniciaram nesta quinta-feira uma reunião de dois dias em Ancara centrada na criação de emprego.

Os ministros analisam a situação dos mercados trabalhistas nos países do G20 e em nível global, sob a sombra das recentes turbulências financeiras e econômicas na China.

Da reunião participam também representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), do Banco Mundial (BM) e do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Além disso estão representados Azerbaijão, Malásia, Zimbábue e Cingapura, convidados pela Turquia.

Um dia mais tarde começará na capital turca a reunião dos ministros de Economia e chefes dos bancos centrais.

O ministro do Trabalho turco, Ahmet Erdem, que inaugurou a reunião junto com seus colegas da Austrália, Luke Hartsuyker, e China, Kong Changsheng, antecipou que se tentará reforçar os vínculos entre o crescimento e a criação de emprego, a redução das desigualdades trabalhistas e o apoio ao emprego dos jovens.

Esta reunião faz parte dos eventos de preparação da cúpula anual dos líderes do G20 que será realizada nos próximos dias 15 e 16 de novembro. EFE