Criança cai de prédio e morre em São Paulo; delegado diz que foi acidente

  • Por Jovem Pan
  • 26/12/2016 18h14
SP - CRIANÇA/QUEDA/PRÉDIO/MORTE - GERAL - Viatura policial no local onde uma criança de quatro anos morreu ao cair do 20º andar do prédio onde morava com a família na Rua João Peixoto Viegas, no Jardim Consórcio, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira, 26. 26/12/2016 - Foto: MARCO AMBROSIO/ESTADÃO CONTEÚDOLocal do acidente foi isolado pela Policia Civil para ser periciado

Uma menina de quatro anos de idade morreu na manhã desta segunda-feira (26) ao cair do 20° andar de um prédio na Zona Sul de São Paulo. Segundo informações da Polícia Civil, que está investigando o caso, a criança teria caído da janela do banheiro, a única que não tinha rede de proteção. No momento da tragédia, a mãe da vítima desceu ao térreo para assinar um documento e deixou a criança sozinha dentro do imóvel.

De acordo com o síndico do prédio, Manoel da Silva, o Samu foi chamado, mas a criança foi encontrada já sem vida pelos médicos. “A família estava de mudança do prédio e a mãe desceu na administração para fazer uma ficha. Foi quando ouve o barulho. Foram ver e era a criança que tinha caído. Não tinha como salvá-la. Ela morreu na hora da queda”, disse Silva ao repórter da Jovem Pan, Anderson Costa.

O caso foi registrado no 80º Distrito Policial de Vila Joaniza. Para o delegado Pedro Luiz de Souza não há dúvidas de que se trata de um acidente. “A gente não tem como culpar, não tem como direcionar a culpa a quem quer que seja. Há um inquérito policial em andamento que vai investigar a circunstância do fato, mas é um inquérito que já tem um final previsível. Foi realmente um acidente”, afirmou o delegado.

O corpo da menina de quatro anos passará por uma necrópsia do Instituto Médico Legal e o local será periciado pela polícia. As imagens das câmeras de segurança também serão analisadas.