Crianças morrem após tomar sopa supostamente contaminada na Guatemala

  • Por Agencia EFE
  • 03/12/2014 22h49

Cidade da Guatemala, 3 dez (EFE).- Quatro crianças, de entre três e sete anos, morreram nesta quarta-feira na Cidade da Guatemala após consumir sopas instantâneas supostamente contaminadas.

Os Bombeiros Voluntários informaram através de suas redes sociais que as quatro crianças morreram no Hospital Geral San Juan de Dios, no centro da capital da Guatemala, após “consumir sopas que sua mamãe recolheu” no principal depósito de lixo da capital do país.

Os menores falecidos foram identificados pela imprensa local como Geremías Ezequiel Catalán, de sete anos, e sua irmã Bárbara Saraí, de três, além de Jeremy Fernando Hernández Mateo, de cinco, e Estefanía Gabriela Vian, de três.

A mãe dos dois irmãos, Francisca Catalán, e outra menor de 13 anos estão internadas no mesmo hospital, tratadas também por intoxicação alimentícia.

Segundo a imprensa local, Catalán recebeu as sopas como um presente de “uma senhora” em seu local de trabalho, próximo ao depósito, que posteriormente foram consumidoa por seus filhos em outro setor da cidade. EFE