Criminalista morre assassinado a tiros e facadas no seu escritório em Guarulhos

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2016 19h43

Advogado e ativista anti DilmaLeandro Balcone foi morto em seu escritório

Leandro Balcone, advogado criminalista de 35 anos, foi morto em seu escritório, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Ele teria levado tiros e facadas e o autor do crime não foi identificado. A polícia segue a investigação em busca de pistas.

Como era ligado a movimentos sociais contrários ao governo Dilma, o Movimento Brasil Livre Guarulhos lamentou a morte do advogado em nota . “É com imensa tristeza que recebemos a notícia do falecimento de Leandro Balcone. Balcone era um companheiro de lutas nessa cidade, e é uma grande perda nessa caminhada. Que a família e os amigos recebam o conforto e a paz necessária nesses momentos”, disse o comunicado.

O PT de Guarulhos também emitiu nota sobre o falecimento, citando a forma “trágica” do crime e exaltando o “respeito aos pensamentos divergentes”. “O PT de Guarulhos lamenta a morte trágica e violenta do advogado criminalista Leandro Balcone. O Partido dos Trabalhadores tem como premissa a transformação da sociedade pela disputa no campo das ideias; respeita e convive com os pensamentos divergentes. Repudiamos todo e qualquer ato de violência que atente contra a integridade física e psicológica do ser humano. O PT de Guarulhos espera das autoridades policiais ação rápida no sentido de elucidar os fatos e punir com rigor os autores. Prestamos nossos sentimentos à família e a comunidade política.”