Cúpula do Mercosul é adiada para 31 de janeiro

  • Por Agencia Brasil
  • 06/01/2014 16h19

Carolina Sarres
Repórter da Agência Brasil *

Brasília – A Cúpula do Mercosul foi adiada para o dia 31 de janeiro. A reunião estava marcada para o dia 17 deste mês, mas foi remarcada para coincidir com o fim da reunião da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), na capital de Cuba, Havana, que será entre os dias 28 e 29 próximos. A Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados já havia sido adiada em dezembro, devido aos problemas de saúde da presidenta argentina, Cristina Kirchner, que passou por uma cirurgia após um traumatismo craniano e ficou afastada por um período.

O encontro de líderes sul-americanos no final do mês na capital venezuelana, Caracas, marcará o retorno oficial do Paraguai ao Mercosul, depois do período de suspensão desde junho de 2012, após o impeachment do ex-presidente Fernando Lugo. Hoje (6), o presidente paraguaio, Horacio Cartes, confirmou a mudança de datas da cúpula e disse que o governo não fez "nada em troca de nada", em relação à aprovação da entrada da Venezuela no bloco, depois de anos em trâmite no Congresso do Paraguai, de maioria opositora.

"Para mim, o mais importante não é a presidência. Perante tantas especulações, creio que é um bom momento para que o presidente do Paraguai possa falar. Há quem tenha insinuado que foi em troca de algo [a aprovação da entrada da Venezuela]", informou Cartes. No retorno ao Mercosul, o país deverá assumir a presidência pró-tempore do bloco, atualmente ocupada pela Venezuela.

* Com informações da agência pública de notícias do Paraguai, IPParaguay
 

Edição: Carolina Pimentel

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil