Defenda-se da JOVEM PAN registra reclamações de clientes enganados por concessionárias

  • Por Jovem Pan
  • 25/09/2014 13h44

O Defenda-se registrou inúmeras reclamações de agências que ludibriam clientes em operações de consignação, venda e compra de veículos. Os consumidores disseram que alguns comerciantes têm lábia e que, após negócio fechado, percebem que foram enganados.

Eles apontam que donos de lojas de veículos utilizam brechas na lei para levar vantagem e, muitas vezes, deixá-los no prejuízo. Ouça no áudio as queixas registradas pelo Defenda-se da JOVEM PAN sobre a atuação de agências em bairros nobres e na periferia de São Paulo.

Em muitos casos, as vítimas recorrem às delegacias de estelionato, do Consumidor e da Fazenda. Em entrevista à repórter Renata Perobelli, o delegado Nico Gonçalves orientou quem pretende fazer negócio em lojas de automóveis.

Há relatos sobre donos de agências de veículos que intimidam os clientes quando eles buscam seus direitos. O advogado Arthur Rollo, especialista em defesa do consumidor e consultor da Jovem Pan, afirmou que a prática enganosa é crescente.

Estatísticas do site Reclame Aqui apontam que o setor automativo quase nunca atende às reclamações. Diego Campos relatou o descaso consecutivo de agências, concessionárias e montadoras de veículos.

A orientação é pesquisar antes de comprar e deixar o carro em consignação em loja ou concessionária. Os consumidores relataram que há comerciantes causando grandes prejuízos a quem pretende trocar de carro.