Defensor público-geral da União é reconduzido ao cargo

  • Por Agencia Brasil
  • 16/01/2014 22h05

 

Da Agência Brasil 

Brasília – O defensor público-geral da União, Haman Tabosa, foi reconduzido hoje (16) ao cargo por mais dois anos. Tabosa foi indicado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, por meio de lista tríplice escolhida por membros da carreira. O termo de posse foi assinado em audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
 
De acordo com balanço divulgado pela Defensoria Pública da União (DPU), em 2013, o órgão fez 1,5 milhão de atendimentos em todos os estados. As principais questões analisadas foram benefícios da Previdência Social, como aposentadoria, auxílio-doença, além de atendimentos a detentos de baixa renda e pedidos para garantir acesso a medicamentos e a internações em unidades de tratamento intensivo.

 

Edição: Aécio Amado

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil