Desaparecimento de florestas inundadas ameaça sobrevivência no Amazonas

  • Por Agencia EFE
  • 23/07/2015 12h47

Madri, 23 jul (EFE).- A diversidade de espécies de peixes no estado do Amazonas está ameaçada pelo desaparecimento das florestas inundadas, o que prejudica à população que vive na região e têm a pesca como recurso essencial, revelou um estudo do Museu Nacional de Ciências Naturais da Espanha.

O estudo, que foi elaborado por uma equipe internacional, adverte que a atividade humana está destruindo a floresta e que é necessário conter o desmatamento para evitar o desaparecimento dos igapós e suas espécies.

Os pesquisadores comprovaram que a diversidade da fauna e sua abundância no Rio Amazonas são determinadas pela qualidade das áreas alagadas e a distância à qual se encontram as massas florestais, assim como pela quantidade de oxigênio na água.

No artigo, publicado na revista “Hydrobiologia”, os pesquisadores afirmam que é preciso trabalhar pela conservação dessas regiões e que a mata ciliar é fundamental para a alimentação e a reprodução.

“Neste trabalho nosso objetivo era determinar que fatores influenciam na diversidade e na abundância dos peixes presentes nas águas da Amazônia”, explicou o pesquisador científico do Museu Francisco Javier Lobon Cervia.

Para realizar o estudo foram observados peixes de 35 igapós do estado na época na qual o nível de água é maior. Os dados demonstraram que a riqueza de espécies e a abundância aumentam.

Nas últimas décadas, os igapós foram seriamente ameaçados pela exploração florestal, a agricultura e outras atividades humanas. EFE