Dilma anuncia Juca Ferreira como novo ministro da Cultura

  • Por Jovem Pan, com informações da Agência Brasil
  • 30/12/2014 20h07

Juca Ferreira (PT-SP) é o novo ministro da Cultura

Juca Ferreira (PT-SP) é o novo ministro da Cultura

A presidenta Dilma Rousseff divulgou hoje (30) o nome de mais um ministro para o segundo mandato. O sociólogo Juca Ferreira, atual secretário municipal de Cultura de São Paulo, vai assumir o Ministério da Cultura no lugar de Ana Cristina da Cunha Wanzeler. Ela é ministra interina desde novembro, quando Marta Suplicy entregou a carta de demissão a Dilma.

Por meio de nota oficial publicada pela Secretaria de Imprensa, a presidenta agradeceu a dedicação de Ana Cristina à frente da pasta. A posse dos ministros está marcada para quinta-feira (1º). Dos 39 cargos com status de ministro no atual governo, faltam ser anunciados 14 pela presidenta.

O soteropólitano de 65 anos, já ocupou o mesmo cargo entre os anos 2008 e 2010, no segundo mandato do presidente Lula. Atualmente, Juca ocupava a secretaria de cultura da gestão do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.  Em 2012, foi substituido pela irmã de Chico Buarque, Anna de Holanda. 

Veja abaixo a lista dos ministro anunciados pela presidente Dilma Roussef:

PT:

Juca Ferreira – Cultura
Ricardo Berzoini – Comunicações
Patrus Ananias, Desenvolvimento Agrário
Miguel Rossetto – Secretaria-geral da P
residência
Pepe Vargas – Relações Institucionais
Carlos Gabas – Previdência
Jaques Wagner – Defesa

PMDB
Edinho Araújo – Portos
Eduardo Braga – Minas e Energia
Eliseu Padilha – Aviação Civil
Helder Barbalho – Pesca
Kátia Abreu – Agricultura
Vinicius Lajes – Turismo

PCdoB: 
Aldo Rebelo – Ciência, Tecnologia e Inovação

PRB
George Hilton – Esportes

Pros

Cid Gomes – Educação

PSD
Gilberto Kassab – Cidades

PR
Antônio Carlos Rodrigues – Transportes

PP
Gilberto Occhi – Integração Nacional

PTB
Armando Monteiro – Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

Área econômica e técnicos
Joaquim Levy – Fazenda
Nelson Barbosa – Planejamento
Alexandre Tombini – Banco Central.
Não relacionados a partidos
Nilma Lino Gomes – Igualdade Racial
Valdir Simão – Controladoria Geral da União