Dilma e Jaques Wagner lamentam morte do escritor João Ubaldo Ribeiro

  • Por Jovem Pan
  • 18/07/2014 11h55

A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira (18) que é uma “triste perda” a morte do escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, aos 73 anos. Dilma publicou em sua página oficial no Facebook uma mensagem em que relembra a obra de Ubaldo ao citar nomes de suas importantes obras literárias.

A mandatária também lembrou que o escritor é membro da academia brasileira de letras e declarou: “A literatura brasileira perde um grande nome com a morte de João Ubaldo Ribeiro. Neste momento de dor, presto minha solidariedade aos familiares, amigos e leitores”.

O governador da Bahia, Jaques Wagner, disse que Ubaldo era irônico e bem-humorado. “Ubaldo é leitura essencial para quem quiser contribuir para a construção de uma sociedade melhor. Minhas condolências aos familiares e amigos”, postou no Facebook.

Em entrevista à repórter JOVEM PAN Izilda Alves, a escritora Lia Luft falou que o legado de Ubaldo foi uma transformação na literatura brasileira porque tinha um linguajar muito típico. Ela ainda disse que a literatura dele era irreverente e marcada pela sensualidade. Ouça no áudio.