Dilma lamenta ataque em Nice e fala em “repúdio ao terrorismo”

  • Por Agência Brasil
  • 14/07/2016 22h44
Caminhão atropela multidão durante Dia da Bastilha em Nice; veja fotos

A presidente da República afastada, Dilma Rousseff, se manifestou nesta quinta-feira (14) no Twitter sobre a morte de mais de 70 pessoas em Nice, na França. Foram cinco postagens seguidas sobre o assunto, repudiando o ocorrido. Em suas manifestações, Dilma já admite o ataque como um atentado terrorista.

“Não podemos nos deixar amedrontar, nem nos abatermos. O povo francês saberá superar mais esta tragédia”, disse em uma de suas postagens. Em seguida, escreveu “Repudiamos com veemência o terrorismo” e “Neste momento de dor, manifesto minha solidariedade aos familiares e amigos das vítimas, ao presidente @FHollande e ao povo francês”.

Mais cedo, o presidente em exercício, Michel Temer, também havia usado a mesma rede social para lamentar o atentado.

O ataque

Em um post no Twitter, o prefeito de Nice, Christian Estrosi, disse que o último balanço da tragédia registrava 77 mortos e, segundo a imprensa local, 50 pessoas estão em estado grave após um caminhão avançar contra uma multidão  durante as comemorações da Queda da Bastilha, um feriado nacional francês.

A prefeitura de Nice disse, pelo Twiter, que houve um atentado. A prefeitura do Departamento dos Alpes Marítimos, onde está localizada a cidade de Nice, disse que o motorista do caminhão foi morto a tiros pela polícia. A mídia francesa, por sua vez, informou que o caminhão bateu nas pessoas enquanto a multidão estava reunida assistindo a um show de fogos de artifícios durante o feriado no Paseio dos Ingleses, um ponto turístico muito popular em Nice.