Dilma lamenta em nota morte dos executivos do Bradesco e dos pilotos da aeronave

  • Por Agência Estado
  • 11/11/2015 15h44
Marco Antonio Rossi e Lucio Flavio Condurú

A presidente Dilma Rousseff divulgou nota oficial lamentando a morte dos dois executivos do Bradesco, Marco Antônio Rossi e Lúcio Flávio de Oliveira, além do piloto e do copiloto que estavam a bordo da aeronave que caiu na noite de terça-feira, 10, na fronteira de Minas com Goiás. Na nota, a presidente Dilma “expressou seu pesar” aos familiares das quatro vítimas do acidente e as “condolências do governo” pela morte dos dois executivos.

“Marco Antônio Rossi dedicou 34 anos ao Bradesco, eventualmente substituindo o atual presidente. Ele e o colega Lúcio Flávio de Oliveira, diretor-geral da instituição, cumpriram papel fundamental na trajetória de uma organização que sempre acreditou no Brasil”, disse a presidente.

A nota não cita, mas ontem, terça feira, Rossi esteve no Palácio do Planalto para uma audiência com o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, às 15h30. Ele não esteve com a presidente Dilma, que estava em viagem ao Rio.

Rossi, que presidia a Bradesco Seguros, segundo a Casa Civil, foi tratar com Jaques Wagner exatamente questões ligadas a área de seguros. O encontro não foi registrado pelo fotógrafo do governo.