Dilma se reúne com primeiro-ministro belga para falar sobre Cuba e economia

  • Por Agência EFE
  • 10/06/2015 14h45
Dilma Rousseff e o primeiro-ministro belga

A presidente Dilma Rousseff manteve nesta quarta-feira (10) um encontro com o primeiro-ministro belga, Charles Michel, no qual ambos abordaram a situação econômica, o estado das relações de Cuba e Estados Unidos e a preparação dos Jogos Olímpicos, entre outras questões.

A reunião, que durou mais de uma hora, foi a chance para a presidente brasileira e o primeiro-ministro belga tratarem sobre “vários temas”, entre os quais deram especial atenção “ao desenvolvimento econômico e o crescimento mundial”, explicou à Agência Efe a porta-voz de Michel, Aurelie Czekalski.

A porta-voz indicou que ambos também falaram sobre “a preparação dos Jogos Olímpicos” do Rio de Janeiro de 2016, e mantiveram “discussões sobre a situação da Grécia” e “a situação de Cuba”, ponto no qual “foi evocada a evolução das relações entre Estados Unidos e Cuba”, sem fornecer mais detalhes.

Durante o encontro, Dilma e Michel também recalcaram o papel da Bélgica como “porta de entrada ao Brasil para a Europa” e a disposição do país europeu para “fornecer conhecimento e experiência com relação aos planos de investimento previstos pelo Brasil para sua rede portuária e ferroviária”.

O primeiro-ministro belga compartilhou com a presidente brasileira o “laço sentimental” que mantém com seu país, porque sua companheira viveu com seus pais no Brasil, onde mantêm uma casa e uma associação.

Dilma chegou hoje à Bélgica para participar da cúpula UE-Celac.