Dilma visita amanhã áreas atingidas por tornado em Santa Catarina

  • Por Agencia Brasil
  • 26/04/2015 15h34

Moradores reviram entulhos em busca de documentosTornado atinge Xanxerê

A presidente Dilma Rousseff fará uma visita nesta segunda-feira (27) às áreas afetadas pelo tornado que atingiu Santa Catarina na última segunda (20). Acompanhada do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, ela deve anunciar ações do governo federal de auxílio à recuperação da região. A previsão é que eles cheguem ao estado às 9h.

Nos municípios de Xanxerê e Ponte Serrada, 200 homens do Exército, além de equipes da Defesa Civil, das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros trabalham na desobstrução de vias, no resgate de bens públicos, nas estruturas atingidas e no apoio humanitário às famílias. O cenário, no entanto, ainda é de destruição, segundo o governo do estado, e o prejuízo passa de R$ 109 milhões nos dois municípios.

De acordo com o último balanço da Defesa Civil catarinense, divulgado na sexta-feira (24), o tornado afetou 50,5 mil moradores nas duas cidades. São mais de 3 mil pessoas desalojadas e 227 desabrigados, 118 feridos e dois mortos.

Na última quinta-feira (23), o Ministério da Integração Nacional, reconheceu, por procedimento sumário, o estado de calamidade pública em Xanxerê e situação de emergência em Ponte Serrada. O reconhecimento por parte do governo federal facilita aos municípios solicitar recursos da União para ações de socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução.

Duas escolas em Xanxerê tiveram as estruturas prejudicadas, mas as aulas voltam ao normal amanhã; outras 11 retomaram as aulas na quinta-feira (23). O governo do estado também fez um levantamento das necessidades das famílias que tomam medicamentos diários e que perderam esses remédios e fornecerá soro fisiológico, hipoclorito de sódio e vacinas contra tétano, além de orientar a população sobre possíveis contaminações nas residências atingidas.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, os ventos na região de Xanxerê e Ponte Serrada podem ter alcançado 250 quilômetros por hora no dia do tornado. Amanhã, o dia será de sol entre nuvens, com ventos fracos na região.