Dow Jones fecha em alta de 1,22%

  • Por Agencia EFE
  • 11/02/2014 20h04

Nova York, 11 fev (EFE).- O Dow Jones Industrial, principal índice de Wall Street, fechou nesta terça-feira em alta de 1,22%, estimulado pelo discurso da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, a um comitê legislativo americano.

Segundo os dados definitivos do pregão, o índice de referência do pregão nova-iorquino somou 192,98 pontos, para 15.994,77 unidades. O seletivo S&P 500 subiu 1,11%, para 1.819,75 pontos, e o índice composto do mercado Nasdaq avançou 1,03%, fechando aos 4.194,04.

O sino do fechamento pôs fim a um dos melhores dias em Wall Street em vários meses e aos quatro melhores dias do S&P 500 em mais de um ano. Os mercados responderam com entusiasmo ao pronunciamento de Yellen, o primeiro desde que assumiu o cargo, a um comitê da Câmara dos Representantes, no qual garantiu que o Fed manterá por enquanto a política monetária flexível.

O Federal Reserve “provavelmente reduzirá” o ritmo de compra de bônus de maneira “comedida” se continuar a “melhora” no emprego e a “inflação voltar a seu objetivo a longo prazo de 2%”, ressaltou.

Estas palavras foram interpretadas de forma otimista pelos mercados no sentido de que as novas reduções ao estímulo monetário do Fed (depois das de dezembro e janeiro) só serão aprovadas se a economia der mais mostras de solidez após os regulares dados de emprego desses dois mesmos meses.

Apenas uma das 30 empresas com cotação no Dow Jones Industrial não registrou alta – a Cisco, cujas ações caíram 0,53%. Os avanços mais expressivos foram de Boeing (2,36%), Johnson & Johnson (2,21%) e Goldman Sachs (2,11%).

Fora desse índice, os títulos do Twitter subiram 2,04%, e os da Hewlett-Packard fecharam em uma alta de 1,91%. Também houve altas generalizadas entre os principais papéis da Nasdaq: Facebook (2,06%), Yahoo! (1,96%), Apple (1,32%) e Google (1,47%).

Em outros mercados, o preço do ouro subiu para US$ 1.290,50 a onça, e a rentabilidade da dívida americana a 10 anos avançou para 2,727%. EFE