Dow Jones fecha em baixa de 1,09%

  • Por Agencia EFE
  • 22/09/2015 19h39

Nova York, 22 set (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou em baixa de 1,09% nesta terça-feira, arrastado pela renovada incerteza nos mercados pela evolução da economia mundial.

Ao final do pregão, o principal indicador da bolsa de Nova York perdeu 179,72 pontos, para 16.330,47. Já o seletivo S&P 500 caiu 1,23%, até 1.942,74, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 1,5%, aos 4.756,72.

Wall Street fechou o pregão com fortes perdas após um dia de vendas generalizadas nas principais bolsas mundiais no meio da incerteza nos mercados em torno do crescimento da economia mundial.

Da China voltaram a chegar notícias preocupantes sobre a estagnação da economia do gigante asiático após a divulgação de dois novos relatórios que rebaixam as previsões de crescimento para o conjunto do ano.

O Banco Asiático de Desenvolvimento afirmou que prevê agora que o Produto Interno Bruto (PIB) da China fechará 2015 com um crescimento de 6,8%, enquanto economistas estatais acreditam que subirá 6,9%, com o que o governo não cumpriria seu objetivo de crescimento anual de 7%.

Os investidores também continuaram tentando digerir o impacto da decisão anunciada na semana passada pelo Federal Reserve (Fed, banco central americano) de não subir ainda as taxas de juros nos Estados Unidos e se perguntam agora quando começará o ajuste monetário.

Wall Street uniu-se assim ao pessimismo de seus colegas do outro lado do Atlântico, onde as principais bolsas europeias fecharam com fortes perdas: Frankfurt caiu 3,8%, seguida por Paris (-3,42%), Milão (-3,33%), Madri (-3,11%) e Londres (-2,83%).

As bolsas europeias se ressentiram pelo escândalo na Volkswagen pela manipulação de emissões poluentes em veículos com motor diesel, o que levou suas ações a caírem 36,5% em apenas dois dias.

O setor de matérias-primas liderou as perdas em Wall Street com uma contundente desvalorização de 2,86%, da mesma forma que o energético, que desceu 1,5%, arrastados ambos por uma nova queda do preço do petróleo nos mercados internacionais.

O grupo industrial United Technologies (-3,54%) puxou os números vermelhos no Dow Jones, seguido por Intel (-1,68%), Apple (-1,57%), Cisco Systems (-1,57%), Travelers (-1,51%), Boeing (-1,49%), 3M (-1,42%), IBM (-1,4%) e American Express (-1,38%).

Em outros mercados, o ouro caía para US$ 1.124,2, enquanto a rentabilidade da dívida pública a dez anos recuava até 2,135%. EFE