Antecipação do saque-aniversário do FGTS: confira principais vantagens e taxas de juros de cada banco

De acordo com o Ministério da Economia, cerca de R$ 434 bilhões em recursos depositados nas contas de dezenas de milhões de pessoas estão parados

  • Por Camila Corsini
  • 30/08/2021 14h00
José Cruz/Agência BrasilSaque-aniversário do FGTS já teve adesão de 12,9 milhões de trabalhadores até agosto, com R$ 1,65 bilhões em resgate

O saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi criado em 2019, mas começou a ser pago efetivamente em abril de 2020. A medida instituída pelo governo federal tem a intenção de injetar mais dinheiro na economia. Cerca de R$ 434 bilhões em recursos depositados nas contas de dezenas de milhões de pessoas estão parados — e poderiam estar circulando, ainda mais diante da retomada da economia após o período mais crítico da pandemia da Covid-19. De acordo com o Ministério da Economia, essa opção dos FGTS já teve adesão de 12,9 milhões de trabalhadores até agosto, com R$ 1,65 bilhões em resgate. A partir dessa modalidade, o trabalhador pode retirar um valor da conta de acordo com o mês de nascimento todos os anos — podendo até oferecer o recurso como garantia para empréstimos, chamados de antecipação do benefício.

Diferentes bancos oferecem diversas oportunidades para o cliente que optar por essa antecipação e cabe a cada pessoa julgar e escolher o que é mais ou menos vantajoso do ponto de vista de taxas de juros e quantidade de parcelas, de acordo com a própria necessidade. Além das parcelas, é disponibilizado um valor adicional conforme a alíquota escolhida para saque. A Jovem Pan destaca algumas das principais instituições financeiras que oferecem o benefício.

BMG

O banco BMG, por exemplo, lançou a antecipação do saque-aniversário do FGTS nos últimos dias. Para ser elegível, o cliente precisa ter saldo na conta do FGTS, CPF regular na Receita Federal e cumprir exigências de segurança, como comprovação de idade e capacidade civil. É possível antecipar até cinco parcelas, equivalente a cinco anos, de forma totalmente digital com juros de 1,99% ao mês. O recurso fica disponível na conta em até 18 horas após a solicitação. Como fazer? O cliente deve solicitar a opção ‘Saque-Aniversário’ no aplicativo oficial do FGTS, que é gerenciado pela Caixa Econômica Federal, por meio do BMG. Depois que selecionar a opção, a pessoa deve permanecer no regime por pelo menos dois anos. Caso seja desligada da empresa nesse tempo, ela fica impossibilitada de sacar integralmente o valor disponível e recebe apenas 40% correspondente à multa rescisória.

Banco PAN

O banco PAN também é uma das opções de bancos que oferecem a antecipação deste benefício do trabalhador. Um diferencial é que o dinheiro pode ser disponibilizado, inclusive, aos clientes negativados por birôs de crédito. O banco autoriza a antecipação de três parcelas, equivalente a saques de três anos, do saque-aniversário a partir de R$ 500 do benefício. A taxa de juros é de 1,99% ao mês e o dinheiro é disponibilizado na conta em um dia útil. A transação pode ser feita de maneira totalmente digital. Como fazer? Toda a operação pode ser feita no aplicativo do banco PAN, com redirecionado ao site da Caixa caso precise de alguma autorização prévia ainda não realizada. Assim como no caso anterior, é preciso solicitar que o banco visualize a opção ‘Saque-Aniversário’ do FGTS.

Banco do Brasil

Assim como no caso do Banco PAN, é possível antecipar até três parcelas, referente a saques de três anos, com juros a partir de 0,99% ao mês e utilizando o saldo de conta FGTS como garantia. A liberação do crédito ocorre após a consulta e bloqueio do seu saldo da conta do FGTS através do BB. Como fazer? A contratação pode ser realizada pelo aplicativo do Banco do Brasil, internet e rede de agências, de acordo com a conveniência do cliente. Assim como as outras opções, é preciso autorizar a transação pelo banco escolhido por meio do aplicativo do FGTS, gerenciado pela Caixa.

Caixa

A Caixa Econômica Federal também possui vantagens aos correntistas que querem antecipar o benefício em vez de esperar o mês de aniversário. Os trabalhadores podem antecipar até três saques, referentes a três anos que tiverem direito. O vencimento da operação acontece na data do pagamento do benefício, sendo realizado o débito na conta FGTS do trabalhador. A taxa de juros oferecida pelo banco é uma das menores do mercado, de 1,09% ao mês, e não é necessária a avaliação de risco de crédito. Para solicitar o benefício, o valor mínimo de cada parcela precisa ser de pelo menos R$ 300. O valor total mínimo do empréstimo é de R$ 2 mil. Como fazer? A contratação do empréstimo é feita de forma 100% digital, por meio do aplicativo FGTS, do site da Caixa ou pelo Internet Banking Caixa. Na hora da ação, o trabalhador deve optar pela Caixa como instituição financeira autorizada para consultar o FGTS. Quem ainda não for cliente, pode solicitar em qualquer agência física do banco.