13º salário é uma boa opção para começar a investir e ter mais rendimento

  • Por Jovem Pan
  • 03/12/2019 11h55
Easynvest

O dia do recebimento do 13º salário é um dos momentos mais esperados dos trabalhadores brasileiros. Receber um dinheiro extra é muito bom, mas pode ser ainda melhor quando ele é usado com sabedoria para garantir um rendimento futuro mais rentável. 

Por isso, o ideal seria começar a pensar sobre o 13º e seu futuro logo no começo do ano, não apenas quando ele fica disponível na conta. A falta de planejamento contribui para que muitas pessoas usem todo o dinheiro nas compras de fim de ano e esqueçam de despesas importantes como IPVA, IPTU, matrícula e material escolar e tantos outros gastos que aparecem no início do ano e podem comprometer toda a renda familiar. 

Vale lembrar que o problema não é gastar o 13º, que é fruto de muito trabalho ao longo do ano e deve sim ser aproveitado, mas sim deixar todo o dinheiro no shopping. Esse problema pode ser evitado com a reeducação financeira e o esquecimento de alguns vícios de consumo, já que não adianta fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes. 

Não existe hora certa para mudar! Em vez de gastar tudo ou deixar guardado, invista seu 13º ainda este ano! Para isso, é preciso ajustar sua vida financeira. Saiba como:

 

1 – Pague as dívidas

Em primeiro lugar, se tiver dívidas, foque em pagá-las. Nem pense em outro destino para o seu 13º salário nesse caso. Com juros altos, as dívidas ganham senso de urgência. Se conseguir pagar à vista, melhor ainda. Ninguém quer ficar com o nome sujo, por isso a prioridade é zerar tudo para começar a pensar em usar o dinheiro para outras coisas. 

2 – Organize sua vida financeira

Quanto eu ganho? Quanto eu gasto? Como eu gasto? Depois das dívidas quitadas é hora de colocar a casa em ordem para responder a essas perguntas. Quando se fala em planejamento, muitas pessoas reclamam que dá muito trabalho. Mas não é assim. Papel e caneta já resolvem, e quem preferir pode contar com planilhas de organização financeira já prontas para deixar tudo registrado no computador. Planejar faz parte da vida e depois que você começa, percebe que sair atropelando as coisas e fazendo tudo de qualquer jeito é uma grande perda de tempo e dinheiro. E como diz aquele ditado: daqui a um ano você vai desejar ter começado hoje. Essa frase também cai como uma luva para a nossa terceira dica.

3 – Invista seu 13º salário

Está sem dívidas e com a vida financeira controlada? Então está tudo certo para você investir. Saber aonde você quer chegar é essencial para ajudar a entender melhor como construir suas metas financeiras, levando em conta o prazo e o investimento que melhor se encaixam com os seus objetivos. Com o seu dinheiro trabalhando para você e não ao contrário, é possível fazer planos pensando lá na frente: uma viagem para um lugar que você sonha em conhecer, um intercâmbio para estudar fora do país, abrir seu próprio negócio, sua aposentadoria etc. 

Investir seu 13º salário é fácil. O primeiro passo é abrir uma conta na Easynvest. Lá você encontrará mais de 400 opções de investimentos e muito conteúdo de educação financeira disponibilizado em diversos canais digitais que facilitarão a sua jornada no mundo dos investimentos.