‘Preço de petróleo alto é bom para o Brasil’, diz diretor-geral da ANP

  • Por Jovem Pan
  • 19/09/2019 15h37
04/09/2007-Plataforma de PiranemaPlataforma de petróleo de Piranema

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, disse nesta quinta-feira (19) que o aumento do preço do barril do petróleo é benéfico para o País — que é um grande produtor e, nos últimos anos, exportador líquido do produto. Segundo ele, preços elevados aumentam a arrecadação de impostos e de taxas como royalties e participações especiais (PE).

“Preço de petróleo alto é bom para o Brasil. O Brasil é um grande produtor e a sociedade se beneficia grandemente via royalties, participação especial e, agora, pelo fundo social do pré-sal”, disse, ao participar de seminário realizado pela Secretaria de Avaliação de Políticas Públicas, Planejamento, Energia e Loteria (Secap), do Ministério da Economia.

Na avaliação de Oddone, o debate sobre a alta do petróleo se dá de forma fragmentada, focando apenas no impacto sobre os preços de combustíveis, como gasolina e diesel.

“É um debate fragmentado, como se os impactos positivos não fossem muito mais positivos para a economia no longo prazo”, disse.

A alta no preço se deu após os ataques cometidos no ultimo sábado (14) contra as instalações da petroleira saudita Aramco, a maior do mundo. De acordo com o porta-voz da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita, Turki al-Maliki, os ataques foram realizados com 18 drones e sete mísseis iranianos.

Na entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (18), Maliki também mostrou os destroços de três mísseis que não atingiram seu objetivo e foram recuperados e inspecionados. E, depois de analisá-los, pode-se afirmar que são de tipo Delta Wing iraniano.

*Com informações do Estadão Conteúdo