Após atuação do BC, dólar recua mais de 5% e fecha cotado a R$ 3,70

  • Por Jovem Pan com Agência Brasil
  • 08/06/2018 18h08
Fotos PúblicasA queda acontece após três dias de fortes altas, quando a moeda norte-americana chegou a ultrapassar a marca dos R$ 3,90

Nesta sexta-feira (8), o dólar sentiu a forte atuação do Banco Central e recuou mais de 5%, fechando o pregão cotado a R$ 3,7074. A queda acontece após três dias de fortes altas, quando a moeda norte-americana chegou a ultrapassar a marca dos R$ 3,90 e marcou o maior nível desde março de 2016.

Ao todo, a baixa foi de 5,50% e a mínima do dia chegou a ser de R$ 3,6954. Com isso, o dólar acumulou queda de 1,54% na semana e de 0,75% no mês de junho. Porém, no acumulado do ano, a porcentagem ainda é positiva, com valorização de 11,89%.

O recuo desta sexta aconteceu após o anúncio do presidente do BC, Ilan Goldfajn, de que o órgão usaria todos os instrumentos necessários para contar a alta. Na última quinta-feira (8), foi confirmada a oferta de US$ 20 bilhões adicionais em swaps cambiais tradicionais até o fim da próxima semana.

Bolsa de Valores

O índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) fechou em queda de 1,23%, com 72.942 pontos. O volume negociado foi de R$ 14.929.502.615.

Na semana, o índice acumulou queda de mais de 5%, com destaque para o fechamento da última quinta-feira, quando o Ibovespa caiu 6,5%, alcançando o menor índice desde dezembro do ano passado. As ações de empresas de grande porte também registraram queda hoje, com os papeis preferenciais da Petrobras perdendo 3,24%, Vale com queda de 6,40% e Bradesco recuando 0,87%.