Bovespa opera em alta pelo 3º dia consecutivo após estímulos econômicos

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2020 11h44 - Atualizado em 08/04/2020 11h44
Nelson Antoine/Estadão ConteúdoAs preocupações prosseguem em relação ao espalhamento do novo coronavírus no exterior e também no Brasil

O Ibovespa tenta o terceiro dia consecutivo de alta, amparado pela valorização do petróleo, do minério de ferro e das bolsas em Nova York. A expectativa tem como um dos pilares anúncio de novos estímulos anunciados para recuperação da economia.

Às 11h42, o Ibovespa subia 0,86%, aos 77.013,78 pontos, após variar entre a mínima aos 76.115,19 pontos e a máxima aos 77.399,90 pontos.

No Brasil, entre os estímulos que empurram a alta da Bovespa está o anúncio da liberação do saque de parte das contas vinculadas do FGTS pode injetar até R$ 36 bilhões na economia nos próximos meses, com cerca de 60 milhões de trabalhadores devem ser beneficiados.

No mundo, o destaque fica para o governo norte-americano que deve liberar US$ 250 bilhões às empresas para pagamento de salários. Democratas querem que o novo reforço some, ao menos, US$ 500 bilhões.

Na China, a expectativa é de que seja anunciada uma grande ajuda em breve para combater a pior recessão em décadas.

Apesar desses fatores considerados impulsionadores, o fôlego na B3 é curto neste penúltimo pregão da semana – sexta-feira os mercados fecham por conta do feriado de Páscoa.

As preocupações prosseguem em relação ao espalhamento do novo coronavírus no exterior e também no Brasil e ante o tamanho das perdas nas economias continuam, assim como o desgaste político interno e dúvidas quanto ao tamanho do estrago na atividade.

*Com informações do Estadão Conteúdo