Brasil tem 150 mil pedidos de seguro-desemprego a mais que em 2019

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2020 13h49 - Atualizado em 29/04/2020 08h12
Roberto Casimiro/Estadão ConteúdoPessoas usam máscara para se proteger do novo coronavírus

São Paulo é o estado que teve o maior número de pedidos de seguro-desemprego em março, de 165.632, seguido por Minas Gerais, com 52.337 solicitações, e pelo Rio de Janeiro, com 41 628 pedidos. A informação foi revelada pelo secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcolmo.

Segundo ele, considerando pedidos que estão represados, o aumento das solicitações em todo o País no acumulado do ano até a primeira quinzena de abril em relação ao mesmo período de 2019 é estimado em cerca de 150 mil. O motivo é a crise provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com o secretário, 39% das solicitações foram feitas por empregados do setor de serviços, 29,2%, do comércio, 17% da indústria e 6,3% da agropecuária, considerando os dados de março

O Ministério vai divulgar atualizações dos números de forma quinzenal, considerando a intensidade do impacto do novo coronavírus no curto prazo. O assessor da Secretaria de Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Luís Felipe Batista de Oliveira, admitiu que pode haver aumento dos pedidos de seguro-desemprego nas próximas quinzenas.

*Com informações do Estadão Conteúdo