Caoa Chery anuncia reposicionamento da linha de produtos com plano de eletrificação no Brasil

Nova estratégia posiciona montadora como pioneira no desenvolvimento e produção de veículos verdes no país; fábrica de Jacareí passará por grande remodelação para o novo salto tecnológico da marca

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2022 08h43 - Atualizado em 06/05/2022 10h19
Reprodução/Jovem Pan News Carro azul faz curva em via de São Paulo Arrizo 5e é o carro 100% elétrico da Caoa Chery

A Caoa Chery anunciou o reposicionamento do seu lineup no mercado nacional com a renovação da sua gama. Atenta às demandas globais em relação à mobilidade sustentável, a montadora assume o compromisso de eletrificar todos os modelos de seu portfólio até o final de 2023. Com isso, inicia um grande processo de remodelação da sua unidade fabril em Jacareí, interior de São Paulo. Essa é a primeira vez que a fábrica, inaugurada em 2015, passará por uma atualização desse porte. Localizada em um ponto estratégico de São Paulo, com fácil acesso às principais rodovias do país, a unidade sofrerá mudanças para adequação dos processos produtivos, que permitirão a introdução de novos produtos concebidos a partir de plataformas de última geração, equipados com propulsores híbridos ou 100% elétricos.

Esta ação faz parte da transição tecnológica da montadora, que visa aumentar sua competitividade no âmbito nacional e internacional — seguindo um dos maiores movimentos tecnológicos da indústria automotiva mundial com forte foco no mercado brasileiro. A adaptação da unidade de Jacareí terá como parâmetro os processos produtivos já adotados na fábrica da Caoa Montadora, localizada em Anápolis (GO). A planta goiana se destaca pelos processos produtivos flexíveis para permitir a fabricação de vários modelos na mesma operação industrial, seguindo a tendência mundial de mobilidade verde e diretrizes do programa RenovaBio.

Para que as mudanças ocorram de forma efetiva, a Caoa informa a parada temporária da unidade fabril de Jacareí (SP). A suspensão das atividades tem como objetivo ajustar os processos produtivos da planta para novos modelos com tecnologias híbridas e elétricas, visando a modernização e atualização das linhas de produção. A pausa nos processos industriais no interior paulista será compensada pela intensificação da produção da planta industrial em Anápolis, que está sendo preparada para novos lançamentos já no segundo semestre deste ano. Com isso, a montadora mantém sua meta de comercializar 60 mil unidades no mercado nacional em 2022.

A Caoa Chery reforça que seguirá prestando atendimento integral aos clientes dos modelos fabricados em Jacareí, mantendo total assistência técnica, garantias, peças e serviços em suas mais de 140 concessionárias localizadas em todas as regiões do país. Em relação aos colaboradores da planta de Jacareí, a montadora está em negociação com os representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e região para a definição de um pacote de indenização suplementar, além do regular pagamento das verbas rescisórias legais. De acordo com a Caoa, as mudanças reforçam o comprometimento da empresa com o mercado brasileiro e a sua completa confiança na capacidade industrial do país para construir o futuro da mobilidade.