Coronavírus: autoridades financeiras do G20 veem necessidade de parceria

O grupo se compromete a criar um plano de ação em resposta ao vírus e deve monitorar de perto o impacto da epidemia nos mercados econômicos

  • Por Jovem Pan
  • 23/03/2020 15h36

Membros do G-20 posam para foto em IstambulG- 20

Os ministros das Finanças e presidentes de bancos centrais do Grupo das 20 principais economias do mundo concordaram em desenvolver um plano de ação em resposta ao novo coronavírus e em monitorar de perto o impacto da epidemia nos mercados e condições econômicas, informou o Secretariado da Arábia Saudita.

Um comunicado divulgado após a reunião virtual, ele disse que uma cúpula virtual improvisada dos líderes do G20 anunciada inicialmente para esta semana se reunirá “em alguns dias”, mas não mencionou uma data específica.

O ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán, disse nesta segunda-feira (23) aos líderes do G20 que eles precisam agir decisivamente para “evitar um colapso social” à medida que o surto de coronavírus se espalha, incentivando os países desenvolvidos a estender linhas de swap em tentativa de garantir liquidez global.

Guzmán, que conversou com outros líderes em um telefonema do G20 sobre a epidemia, disse em comunicado que os países devem usar a “caixa de ferramentas” inteira das políticas econômicas, incluindo a extensão de swaps bilaterais para ajudar os países mais necessitados .

“É de extrema importância que aprofundemos os esforços de coordenação e cooperação globais o máximo possível, a fim de preservar a estabilidade social global”, disse Guzmán.

Guzmán também pediu medidas domésticas que vão desde transferências em dinheiro e subsídios para os setores afetados à prorrogação do seguro-desemprego, de acordo com um comunicado.

O surto de coronavírus pega a Argentina, uma das principais produtoras mundiais de grãos, em crise, no momento em que tenta elaborar um plano para pagar suas dívidas ao Fundo Monetário Internacional e combater a inflação e a pobreza domésticas.

*Com informações da Agência Brasil