Crédito de Nota Fiscal Paulista pode dar desconto em IPVA; saiba como

Os valores acumulados no sistema da Secretária da Fazenda e Planejamento do governo do Estado também podem ser transferidos para a conta-corrente do consumidor que informa o CPF no ato das compras

  • Por Jovem Pan
  • 14/10/2019 17h11
Nota Fiscal Paulista dá créditos a consumidores que informam o CPF no momento da compra. Valores podem ser transferidos para conta corrente ou abater o IPVA 2020

Os cidadãos paulistas podem ter desconto no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2020 a partir dos créditos acumulados na Nota Fiscal Paulista.

Os usuários cadastrados no sistema da Secretária da Fazenda e Planejamento, do governo do Estado de São Paulo, poderão utilizar seus créditos para abatimento no IPVA. O prazo para fazer essa solicitação vai até o dia 31 de outubro, único período do ano em que os consumidores podem usar o crédito para abatimento desse imposto.

Para o desconto ser válido, o veículo deve estar no nome do usuário cadastrado no programa da Nota Fiscal Paulista, que dá créditos ao consumidor que informa o CPF no momento da compra. Os valores creditados variam de acordo com a compra.

No sistema, há ainda a opção da transferência dos valores para a conta-correndo do cadastrado. Ao acessar o site da Nota Fiscal Paulista, é necessário informar usuário (com CPF) e senha.

Em seguida, o sistema informará a alteração na data da liberação dos créditos. “A partir de outubro a liberação mensal de créditos da Nota Fiscal Paulista ocorrerá no dia 16 de cada mês (ou no dia útil posterior, quando se tratar de fim de semana ou feriado).”

A medida visa evitar conflito com a data de liberação dos prêmios dos sorteios mensais do programa Nota do Milhão, que ocorrem a cada dia 15. O consumidor também poderá escolher quanto dos créditos deseja enviar para o abatimento no IPVA.

“Caso envie mais do que é necessário para a quitação, o dinheiro será restituído na conta corrente da Nota Fiscal Paulista”, diz nota do governo.