Em leve queda de 0,09%, dólar fecha a R$ 4,1790 nesta terça-feira

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2019 18h44
ITACI BATISTA/ESTADÃO CONTEÚDONesta terça, o dólar tentou devolver parte dos ganhos de segunda

O dólar tentou engatar queda mais forte nesta terça-feira (3), após subir firme na segunda (2), mas o movimento perdeu fôlego na parte da tarde. O clima na economia mundial foi de fuga de ativos de risco, após indicadores fracos da indústria dos Estados Unidos aumentarem os temores de recessão na maior economia do mundo. O dólar subiu ante divisas fortes, mas recuou ante emergentes pares do Brasil, com o México, Argentina e Colômbia. No final do dia, fechou em leve queda de 0,09%, a R$ 4,1790.

Nesta terça, o dólar tentou devolver parte dos ganhos de segunda. Pela manhã, chegou a cair a R$ 4,15, na mínima do dia. “O movimento de segunda foi exagerado e nesta terça caiu um pouco”, observa o responsável pela área de câmbio da Terra Investimentos, Vanei Nagem, ressaltando que o noticiário externo acabou predominando em dia de agenda doméstica mais fraca. Com o dólar perto dos R$ 4,18/4,19, as mesas começam a puxar as cotações para cima para ver se o Banco Central vai atuar, ressalta ele.

No exterior, pesaram notícias sobre as dificuldades de Estados Unidos e China avançarem nas negociações comerciais. Além disso, continua o impasse sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit, o que fez a libra cair pela primeira vez em mais de dois anos e meio abaixo de US$ 1,20.

*Com Estadão Conteúdo