Fluxo cambial: Saída de dólar supera entrada em US$ 2,885 bi em junho

Os dados foram divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira (8)

  • Por Jovem Pan
  • 08/07/2020 17h22
Agência BrasilO Brasil fechou junho com fluxo cambial negativo de US$ 2,885 bilhões

Depois de registrar entradas líquidas de US$ 3,080 bilhões em maio, o Brasil fechou junho com fluxo cambial negativo de US$ 2,885 bilhões, informou nesta quarta-feira (8) o Banco Central. No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 4,742 bilhões em junho, resultado de aportes no valor de US$ 42,274 bilhões e de retiradas no total de US$ 47,016 bilhões. Este segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 1,857 bilhão, com importações de US$ 14,105 bilhões e exportações de US$ 15,962 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,452 bilhão em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 5,620 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 8,890 bilhões em outras entradas.

Resultado semanal

O fluxo cambial da semana passada (de 29 de junho a 3 de julho) ficou negativo em US$ 357 milhões. Houve saída líquida de US$ 1,277 bilhão, resultado de aportes no valor de US$ 7,175 bilhões e de envios no total de US$ 8,453 bilhões.  No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 920 milhões no período. Foram US$ 2,834 bilhões em importações e US$ 3,755 bilhões em exportações.

*Com Estadão Conteúdo