Governo planeja economia com revisão de gastos do INSS e Proagro na LDO de 2025

Proposta do governo prevê incluir na LDO de 2025 estimativa de economia com revisão de despesas do INSS e Proagro, visando evitar bloqueio de despesas.

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2024 03h56 - Atualizado em 01/03/2024 04h12
. haddad g20 .

O governo brasileiro planeja incluir na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2025 uma estimativa de economia com a revisão de despesas ligadas ao INSS e ao Proagro. A proposta em estudo pelo Ministério do Planejamento e Orçamento é definir anualmente um escopo de programas e inserir na LDO uma projeção de economia com a revisão dessas despesas.

A estruturação de um programa formal de revisão de gastos faz parte da reformulação da lei de finanças públicas, que deve ser apresentada em março. O objetivo é enviar um anexo com a previsão de economia da revisão de gastos no projeto da LDO de 2025. Os detalhes estão sendo definidos pela Secretaria de Orçamento Federal.

O Ministério da Previdência Social estima uma economia de R$ 10 bilhões em 2024 com a revisão dos benefícios previdenciários. No entanto, essa cifra é considerada conservadora por integrantes da equipe econômica. O ministro da Previdência Social tem sido chamado de possível “salvador do Orçamento” devido à expectativa de que a revisão na pasta ajude a diminuir as chances de bloqueio de despesas.

Além da revisão de gastos do INSS, o governo pretende incluir na LDO de 2025 a estimativa de economia com a revisão de despesas do Proagro, um programa de seguro rural. A reformulação do Proagro está sendo discutida pelas pastas da Agricultura e da Fazenda devido ao aumento dos custos do programa. O governo estuda fazer uma reformulação nas regras do Proagro por meio do Conselho Monetário Nacional.

 

de gastos

*Reportagem produzida com auxílio de IA

  • Tags:

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.